ONDA AGÍL
AGRO

Mulher condenada por Duplo Homicídio em Ouro Preto do Oeste consegue Prisão Domiciliar

Data:

Sirlene Louzada de Amorim, condenada pela Justiça a 18 anos de prisão por ter matado e ocultado o corpo do marido e Policial Civil Augusto Cesar Rodrigues da Silva e da portadora de deficiência Dalva Maria Batista no dia 20 de fevereiro de 2011, recebeu do Juízo Criminal da Comarca de Ouro Preto do Oeste – RO, Dr. Dr. Haruo Mizusaki, o benefício da Prisão Domiciliar.

Após insistentes pedidos do Advogado da condenada, Dr. Odair José da Silva, o Ministério Público, por meio da Promotora de Justiça Dra. Alba da Silva requereu que a condenada tivesse o benefício da prisão domiciliar. Sirlene se encontra gestante e o benefício foi concedido para que tenha o bebê em casa.

 Assim determinou o Juiz, Dr. Haruo Mizusaki: “Defiro a prisão domiciliar mediante o uso de tornozeleira eletrônica e nos moldes da manifestação do Ministério Publica, salientando que a pena a qual a reeducanda foi condenada só lhe permitiria a progressão de regime em dezembro de 2018. A prisão será por até 45 dias após a data do parto, logicamente condicionado a sobrevida da criança”. (processo nº 0002204-02.2012.8.22.0004)

 

Compartilhe:

Popular

Você pode gostar também!
Related

A Assembleia Legislativa de Rondônia (Alero) aprovou o Projeto de...

Na 429! Polícia Militar apreende 10 kg de maconha, recupera veiculo roubado e prende um dos suspeitos

A Polícia Militar de Costa Marques sob o comando...

Veja vídeo! Polícia Militar age rápido e recupera caminhonete minutos antes de atravessar para Bolívia

A Polícia Militar de Costa Marques em uma ação...
Feito com muito 💜 por go7.com.br