ONDA AGÍL
ONDA AGÍL

LCP recebe Força Tarefa a tiros durante cumprimento de Busca e Apreensão e Reintegração de posse, em Seringueiras

Data:

Logo nas primeiras horas desta quinta-feira, dia 21, cerca de cem Policiais Militares do 2º Batalhão se deslocaram para o município de São Miguel para apoiar a Polícia Civil e Oficiais de Justiça daquela localidade a cumprirem Mandados de Buscas e Reintegração de Posse da Fazenda Bom Futuro, que foi invadida no último domingo (17), por um grupo armado e bastante violento. Nesta ação criminosa, os marginais mantiveram o proprietário e funcionários da fazenda reféns por várias horas, até expulsar todos do local.
O grande aparato policial também contou com o apoio de Policiais Militares do 7º (Ariquemes) e 8º (Jaru) Batalhões de Polícia Militar, além do helicóptero Falcão 02 do NOA (Núcleo de Operações Aéreas) da SESDEC, Policiais Militares Ambientais e dois Oficias de Justiça da comarca de São Miguel do Guaporé.

A Fazenda “Bom Futuro”, fica localizada na Linha 14, KM 13, a aproximadamente 20 KM do município de Seringueiras. Desde que foi invadida e atacada pela LCP, boa parte da pastagem e as casas foram queimadas.
Logo que o comboio chegou próximo à entrada da fazenda, um grupo de sem-terras já aguardava a Polícia atrás de barricadas e armadilhas caseiras. Três tratores e duas motocicletas que pertencem à fazenda foram molhados com gasolina e deixados em cima da única ponte que dá acesso a sede, próximo a uma fogueira feita por homens encapuzados. Devido uma movimentação de invasores debaixo da ponte, a Polícia acredita que até explosivos foram implantados para ferir os policiais.
Enquanto uma equipe de negociadores se preparavam para iniciar um diálogo, um grupo encapuzado se reuniu e começou a andar, hasteando bandeiras brancas, em direção da equipe. Neste momento, o helicóptero Falcão 02 sobrevoava o local e avistou quatro indivíduos encapuzados entrando na mata. Cerca de dois minutos depois, começaram os tiros disparados de dentro da mata contra o helicóptero Falcão 2 e possivelmente contra os policiais em solo.
Em seguida, o grupo de invasores que supostamente estava querendo negociar, recuou rapidamente, desta forma, demonstrando claramente a intenção de armar uma emboscada para a equipe de negociadores.
Para evitar um verdadeiro derramamento de sangue de ambas as partes e na intenção de preservar o bem maior, que é a Vida, o Comandante do 2º Batalhão, Tenente Coronel Paradela, determinou que a tropa retraísse, mesmo sob fogo inimigo. Para apoiar a ação evasiva, a tripulação do Falcão 02 realizou disparos em direção da mata onde os atiradores estavam escondidos, evidenciando proteger a tropa que estava em retirada. Nesta ação, ninguém saiu ferido.

Compartilhe:

Popular

Você pode gostar também!
Related

Deputado Cássio Gois destaca compromisso da ALE durante abertura dos trabalhos legislativos de 2024

Com o início dos trabalhos legislativos deste ano na...

PATAMO prende suspeitos de furto em loja de semijóias, recuperam objetos e motocicleta furtada

A Polícia Militar através do PATAMO ( Patrulhamento Tático...

Na pista! Carreta bitrem tomba no anel viário ao desviar de cavalo, uma motocicleta e um veículo de passeio colidiram no animal

Na madrugada deste sábado, (24), um acidente de trânsito...
Feito com muito 💜 por go7.com.br