Polícia

03/07/2019 11:11

Membros do PCC morrem em confronto com a PM após terem praticado tentativa de homicídio

Uma briga entre as facções Primeiro Comando da Capital (PCC) e Comando Vermelho (CV), segundo o Núcleo de Inteligência da Polícia Militar – P2, resultou em uma tentativa de homicídio, dois mortos e dois presos, na noite desta terça-feira (2), na Estância Turística de Ouro Preto do Oeste.
O Serviço de Inteligência da PM, conhecido por P-2, relatou que teria recebido a informação de que integrantes do PCC estariam planejando uma série de ataques criminosos contra a vida de membros do CV em retaliação à morte de Ligiane Rodrigues da Silva, que ocorreu na noite desta segunda-feira (1°), em Ouro Preto do Oeste.
Diante das informações, os policiais da P-2 começaram a agir para tentar se antecipar às ações das facções, mas até então não tinham conhecimento de quem seriam as vítimas, tampouco as pessoas que iram realizar os ataques.
Por volta das 22h30, integrantes do PCC realizaram uma tentativa de homicídio contra Diego Pedro Ascacibas, 18 anos, conhecido por Gordinho, que foi atingido por vários disparos de arma de fogo. Os autores do crime estavam em um veículo Gof prata e, após a tentativa, fugiram pela BR-364, sentido Ji-Paraná. Diego foi socorrido ao hospital municipal local e, na sequência, transferido em estado grave para o Hospital Euro, de Cacoal.
Diante das características do veículo utilizado no crime, uma guarnição da P-2, em uma viatura descaracterizada, passou a realizar buscas pela BR-364 quando, no km 357, próximo à Fazendinha, os policiais lograram êxito ao avistar o Golf, placa NED-0432, de Vilhena. Nesse momento, os militares, utilizando-se da sirene e do giroflex, sinalizaram para que o automóvel parasse.
O ocupante do banco traseiro, lado esquerdo, ao perceber a aproximação da viatura, colocou o braço para fora da janela e apontou um revólver em direção à guarnição policial que, ao perceber que o suspeito poderia atirar, imediatamente revidou e efetuou disparos de arma de fogo em direção à pessoa que portava o revólver.
Na sequência, o motorista do Golf perdeu o controle da direção e saiu da pista, vindo a tombar o automóvel à margem da rodovia federal. Foi solicitado o apoio da equipe do Patrulhamento Tático Móvel – PATAMO, que rapidamente chegou ao local e realizou uma minuciosa varredura no local, onde foi constatado que dois ocupantes do Golf estavam mortos, sendo Victor Gabriel de Paula Schneider e outro que não foi identificado por não portar documentos. Foram detidos Guilherme de Melo Morais e Matias Nichio Vieira.
Uma guarnição do Corpo de Bombeiros foi solicitada e, ao chegar ao local, constatou a morte de dois ocupantes do automóvel e que os demais apresentavam apenas ferimentos sem gravidade, não sendo preciso socorrê-los ao hospital.
Dentro do Gof foram encontrados dois revólveres calibre 38, da marca Taurus e três aparelhos celulares. Ao ser indagado, Guilherme confessou que estava dentro do veículo no momento da tentativa de homicídio de Diego, porém disse que não atirou, afirmando que quem efetuou os disparos foram os ocupantes que estavam no banco traseiro. Já Matias, que conduzia o veículo, preferiu ficar em silêncio.
A perícia foi ao local e realizou os serviços de praxe. Os suspeitos foram levados e apresentados ao delegado de plantão na Unidade Integrada de Segurança Pública (Unisp) em Ouro Preto, juntamente com as armas e os celulares.


Img 20190315 wa0062Logo 400x340OndaImg 20181118 wa005320191014 192419Img 20180328 wa0042

Todos os direitos reservados, site plantaocentral.com.br/agosto/2015

versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo