20190815 165019

Polícia

23/01/2019 21:30

Ouro Preto do Oeste: homem é encontrado morto em uma casa no Jardim Aeroporto

A Polícia Militar de Ouro Preto do Oeste foi acionada na tarde desta quarta-feira (23) no Jardim Aeroporto após moradores perceberem um forte odor exalando de uma residência localizada no terreno nº 129 da Rua Lisboa.

Ao entra no local, os policiais militares se depararam com o corpo de João Garcia de Oliveira, de 55 anos, caído em um cômodo da casa e em avançado estado de decomposição.

João Garcia morava sozinho, era comunicativo com os vizinhos e ocasionalmente recebia visita de parentes. Conforme relatos de vizinhos que sentiram a falta dele, provavelmente ele tenha morrido na segunda-feira.

Correio Central
 Voltar Notícia publicada em 23/01/2019
 
 

Ouro Preto do Oeste: homem é encontrado morto em uma casa no Jardim Aeroporto

João Garcia, 55 anos, foi encontrado em um cômodo da casa, e provavelmente tenha morrido na última segunda-feira.

A Polícia Militar de Ouro Preto do Oeste foi acionada na tarde desta quarta-feira (23) no Jardim Aeroporto após moradores perceberem um forte odor exalando de uma residência localizada no terreno nº 129 da Rua Lisboa.

Ao entra no local, os policiais militares se depararam com o corpo de João Garcia de Oliveira, de 55 anos, caído em um cômodo da casa e em avançado estado de decomposição.

João Garcia morava sozinho, era comunicativo com os vizinhos e ocasionalmente recebia visita de parentes. Conforme relatos de vizinhos que sentiram a falta dele, provavelmente ele tenha morrido na segunda-feira.

A equipe de peritos da Polícia Técnico-Científica (Politec) da Polícia Civil esteve no local e realizou o trabalho de praxe. A provável causa da morte tenha sido por um infarto fulminante.

Em conversa com a reportagem, um dos militares que entrou na casa disse que o corpo estava rígido e em uma posição desconfortável, típica de quem sofre uma parada cardíaca severa e mortal.  

O corpo de João Garcia foi liberado para a funerária da Associação Vida Nova, uma sobrinha dele que trabalha em um órgão da prefeitura compareceu ao local e lamentou a morte do tio.

Não haverá velório, após o médico legista assinar o laudo, o corpo será sepultado no cemitério Campo Santo.João Garcia trabalhava havia vários anos fazendo serviços gerais, a maioria deles para o produtor rural Manoel Custódio; ele bebia e fumava muito, segundo um familiar. João Garcia era natural de Mandes Pimentel, Minas Gerais.

 

Fonte:correiocentral 


Img 20190315 wa0062Logo 400x340OndaImg 20181118 wa0053Img 20180328 wa0042

Todos os direitos reservados, site plantaocentral.com.br/agosto/2015

versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo