Arquivos 710 banners 15212 logo png 340 340 1 0  png
Gifbbanner

Polícia

09/02/2018 16:48

Pênis de silicone pode ter provocado prisão de morador de Rondônia em cidade do Mato Grosso

Após intensa mobilização nas redes sociais, na tentativa de encontrar um homem de 51 anos, que estava desaparecido na cidade de Rio Preto (SP), os moradores de Pimenta Bueno descobriram que o conterrâneo havia sido, na verdade, preso no Mato Grosso. 
 
Segundo o boletim de ocorrência, o professor G.S. saiu de sua cidade natal, Pimenta Bueno, no dia 29 de janeiro, com destino a Ribeirão Preto e posteriormente Rio Preto, no interior de São Paulo, onde faria alguns exames no Hospital de Base.
 
Na manhã do doa 31 de janeiro, o educador  chegou então a Rio Preto e internou-se no mesmo dia, às 18 horas. G.S. sofre de ataques de convulsões quando dorme e precisava fazer exames para descobrir a causa do problema.
 
Ainda segundo o registro, o homem teve alta às 10 horas da quinta-feira (1º) e avisou a família que embarcaria de volta para casa na noite da sexta-feira (02). Desde então, ninguém teve mais notícias de seu paradeiro.
 
Na quinta-feira (08), desta semana, o advogado da família descobriu que G.S. havia sido preso, em Pontes Lacerda (MT), por tentativa de estupro dentro do ônibus em que voltava para casa.
 
O advogado ficou sabendo da informação pela própria família do homem, que contou que no final do ano passado, ele havia implantado uma prótese de silicone no lugar do pênis, devido a problemas de ereção, deixando o local volumoso. Como sofre de convulsão, a família alega que o educador pode ter agarrado a vítima na tentativa de pedir ajuda, o que provocou a prisão por tentativa de estupro.
 
O advogado vai entrar com as medidas necessárias para pedir a liberdade do acusado.
 


Fonte: Arthur Avila 
Autor: DHoje


Savassi

Todos os direitos reservados, site plantaocentral.com.br/agosto/2015

versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo