20201214 172001
Master

Busca

Redes Sociais

Polícia

17/12/2021 08:39

Polícia Militar estoura boca de fumo após flagrar usuário saindo da biqueira

 Uma guarnição de serviço do 8º Batalhão de Polícia Militar, durante patrulhamento nas proximidades da praça José Eustáquio, localizada em frente à escola Capitão Silvio de Farias, avistou um homem em atitude suspeita, olhando para os lados como se estivesse procurando por alguém e resolveu abordá-lo.

 

Durante a abordagem, foi localizado durante revista pessoal, dentro da carteira do suspeito, um invólucro de substância entorpecente embalado em papel filme, aparentando ser maconha.

Após ser questionado onde teria adquirido a droga, o mesmo disse ter comprado o entorpecente de uma pessoa em uma residência localizada à rua Maranhão, alegando que teria pago a quantia de R$ 40,00 e que iria repassar para um homem  na praça por R$ 50,00.

 
 

Diante do flagrante, a guarnição, com apoio da equipe Ptran, se deslocou ao endereço citado e fez contato com um apenado monitorado por tornozeleira eletrônica, que seria quem teria vendido a droga, o qual autorizou a entrada dos policiais na residência, dizendo que podia fazer buscas no imóvel e que, se achasse alguma droga, seria apenas algo para seu uso, pois segundo ele é usuário.

Na residência ainda estava a irmã do acusado e outras mulheres, inclusive uma fazia uso de tornozeleira eletrônica.

Durante as buscas, a mulher que usava tornozeleira entregou uma paranga de maconha que estava no guarda-roupas, alegando que seria usuária.

Os militares realizaram buscas também em uma casa que ficava nos fundos do quintal e localizaram uma sacola de loja embaixo de uma folha de bananeira com aproximadamente 566 gramas de maconha, sendo um tablete maior, uma sacola com maconha esfarelada e 28 invólucros prontos para a venda, 121 pedras de crack embaladas, também prontas para o consumo, e uma pedra de crack maior, contendo o total de 87 gramas, além de uma balança de precisão e dois papéis filme usados na embalagem da droga.

No momento em que a apenada ficou sabendo que os policiais haviam localizado os entorpecentes, mudou seu discurso de que era usuária e disse que toda a droga era dela. O fato que chamou a atenção dos policiais foi que ela tem uma filha pequena e por esse motivo, muitas mulheres assumem a autoria de crimes, sabendo que por ter uma criança pode ocorrer de usar apenas tornozeleira em seu domicílio.

Foram apreendidos também, três aparelhos celulares dos abordados, e foram localizadas duas TVs sem procedência, sendo uma da marca Philco de 40 polegadas e outra de 27 polegadas, ambas sem notas fiscais.

Diante dos fatos, todos os envolvidos foram conduzidos à Unidade Integrada de Segurança Pública e entregues, juntamente com as drogas e os objetos de procedência duvidosa apreendidos, para que fossem tomadas as providências cabíveis.

Fonte: Anoticiamais


Todos os direitos reservados, site plantaocentral.com.br/agosto/2015

Crie seu novo site Go7
vers�o Normal Vers�o Normal Painel Administrativo Painel Administrativo