20200702 092339

Cidades

30/08/2020 14:05

Homem é assassinado e tem o corpo carbonizado na zona rural

A Polícia Militar registrou, no início da noite deste sábado (29), o homicídio do sitiante identificado como Flaim Juvercino de Oliveira, 42 anos, que foi executado na sexta-feira (28). O corpo, que estava carbonizado, foi localizado no rio Urupá, na fundiária da propriedade da vítima, no km 12 da C-40, na RO-010, região do Assentamento Padre Ezequiel, zona rural do município de Mirante da Serra.
Segundo a polícia, na tarde de sexta-feira (28), às 18h, uma testemunha foi ao quartel da Polícia Militar de Mirante da Serra e relatou que, por volta das 17h30 do mesmo dia, havia avistado Flaim caído às margens da linha C-40, na altura do km 14, na RO-010. Informou ainda que a vítima aparentava já estar sem vida e que, por medo, não se aproximou. Após ter presenciado tal cena, achou por bem, de imediato, procurar a polícia.
Por motivo de segurança, em razão de haver somente dois policiais na guarnição, e tendo em vista que a região onde a testemunha relatou ter visto o corpo é uma área de conflito agrário, optou por não se deslocar até o local naquela noite e decidiu aguardar reforço e irem pela manhã do dia seguinte.
Logo pela manhã de sábado (29), policiais militares de Mirante da Serra, com apoio de uma guarnição da cidade de Nova União, se deslocaram até o ponto citado pela testemunha. Ao chegarem ao local, os PMs observaram que nas margens da estrada havia vestígios de que um corpo provavelmente havia sido jogado ali, mas que até aquele momento não foi localizado. Também foi constatado que, ali próximo, alguém teria ateado fogo e, ao que tudo indica, segundo a polícia, para cobrir vestígios do assassinato.
Ao indagar a testemunha, a mesma disse que teve conhecimento de que a vítima e um vizinho estariam tendo um certo atrito, inclusive com ameças de morte. Em contato com o pai da pessoa que estaria tendo desavença com a vítima, ele informou que soube do desentendimento entre seu filho e Flaim. Uma segunda testemunha afirmou que conhece os dois envolvidos e que o suspeito esteve em sua casa na manhã de sábado (29) e comunicou ter praticado o homicídio, porém não revelou onde havia escondido o corpo.
Com a ajuda de policiais civis, parentes da vítima e populares, iniciou-se uma busca nas imediações. Após intensa procura, localizaram o corpo carbonizado, no rio Urupá, na fundiária da propriedade da própria vítima. A polícia informou que não foi encontrada nenhuma arma ou objeto no local e que a Polícia Civil ficou encarregada de contatar com a perícia e posterior liberação da remoção do corpo.
A ocorrência foi registrada na Delegacia de Polícia Civil da cidade de Mirante da Serra, onde será instaurado inquérito para investigar o caso e identificar o autor do crime.


OndaBannermImg 20180328 wa0042

Todos os direitos reservados, site plantaocentral.com.br/agosto/2015

Crie seu novo site Go7
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo