Arquivos 710 banners 15212 logo png 340 340 1 0  png
705x90
Gifbbanner

Cidades

19/07/2017 11:21

RELATO CRUEL DE UMA SESSÃO DE TORTURA SOFRIDA POR UMA MULHER NA CAPITAL - VÍDEO

Porto Velho, RO - Um crime, um acusado e uma vítima. Estamos falando sobre a violência doméstica que assola milhares de lares, neste mundo. Muitas, por medo da morte, não denunciam o marido. Apanhar, tornou-se uma rotina, mas essa mulher ao qual iremos relatar a história dela, decidiu sair do anonimato e denunciou o esposo.

O caso em tela ocorreu no último dia (19) do mês passado, mais precisamente em uma residência localizada na Rua Barcelona, bairro Novo Horizonte. A vítima, uma mulher de 37 anos afirmou ter sido torturada pelo esposo/amásio, que foi identificado como, José Maria Gama Gomes, 29 anos. O suspeito, segundo a vítima, chegou na residência com sintomas de embriaguez e muito alterado. Rapidamente, o suspeito começou a agredir a vítima, que ainda tentou se abrigar na casa de uma vizinha, mas de nada adiantou.

José Maria correu atrás da vítima e puxando pelos cabelos, trouxe a vítima para dentro da residência. Furioso, o suspeito desferiu três socos e arrancou os dentes (dois incisivos) da vítima. As agressões não pararam por aí, o suspeito pegou uma faca e passou a torturar a vítima, aplicando estocadas no abdômen e pernas, como também cortes no pulso e panturrilha.

Passado algumas horas da sessão de tortura, a vítima pensou que tudo estava acabado, mas, foi aí que José Maria iniciou novamente as agressões, e de posse de uma barra de ferro, o suspeito continuou com as agressões. Desta vez, José Maria pegou uma barra de ferro, desferiu vários golpes contra a esposa, além de arrastar ela pelo cascalho.

Os policiais quando estiveram no local não conseguiram prender o suspeito, que já tinha deixado o local. Uma ambulância do resgate do Corpo de Bombeiros foi solicitada para encaminhar a vítima até o hospital. Em patrulhamento pelas ruas do bairro, a guarnição conseguiu localizar o suspeito, de posse de uma mochila com vários pertences

No hospital, os policiais conversaram com o médico cirurgião, que informou que o quadro da vítima é muito preocupante, sendo que ela precisaria ser submetida a uma cirurgia urgente devido os golpes de faca que perfurou o abdômen. Indagado sobre a quantidade de pontos que a vítima iria receber, o médico afirmou aos policiais que não sabia precisar.

José Maria recebeu voz de prisão e foi encaminhado para a Central de Polícia. Na delegacia, o suspeito negou ter arrancado os dentes da vítima, mas assumiu ter agredido fisicamente a esposa/amásia com socos. O delegado levando em consideração o depoimento da vítima qualificou o suspeito pelos crime de lesão corporal (violência doméstica) art. 129, § 9º, do CPB e Cárcere Privado (art. 148, do CP). O suspeito agora encontra-se recolhido junto ao sistema prisional da capital e aguarda o julgamento.

A polícia salienta também que toda agressão deve ser denunciada logo na primeira agressão. A DEAM – Delegacia  Especializada no Atendimento a Mulher fica localizada na Rua Euclides da Cunha, 1878 - Bairro Centro, na capital. Os telefones de contato: 3216-8800 / 3216-8855. Além disso, a vítima pode ligar no 180, a ligação é gratuita e pode ser feita por qualquer telefone - seja ele móvel ou fixo, particular ou público. A ferramenta funciona 24 horas por dia, de segunda a domingo, inclusive feriados. As atendentes são capacitadas e treinadas para receber a denúncia e realizar o atendimento.


Savassi

Todos os direitos reservados, site plantaocentral.com.br/agosto/2015

versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo